Publicado em

Efeito sanfona: prejuízos quando engordamos e emagrecemos rápido

Efeito sanfona: prejuízos quando engordamos e emagrecemos rápido

O efeito sanfona é um dos grandes pesadelos de quem sofre alterações bruscas no peso do corpo. Quando ganhamos ou perdemos muitos quilos em pouco tempo, são grandes as chances dele acontecer, e acabar deixando vestígios que podem ficar para sempre, inclusive na nossa pele.

Manter o peso ideal é um grande desafio e exige cuidados e disciplina. Alterações hormonais, mudanças de hábitos e até fatores genéticos podem causar uma diferença de peso grande em um curto período, fazendo com que o corpo perca ou ganhe muita massa. Quando isso acontece, é natural que o corpo acabe voltando à situação anterior, engordando ou emagrecendo todos os quilos novamente.

Essa mudança repentina que causa ganhos e perdas repetidas de massa pode acabar gerando um efeito visível para a pele, resultando em flacidez, estria e celulite. No rosto, as consequências do efeito sanfona costumam afetar principalmente as bochechas, a mandíbula e o pescoço, áreas onde há mais chance de ocorrer a flacidez.

Leia mais: Livre-se do pescoço flácido em 5 passos

Prejuízos do efeito sanfona

As alterações da nossa pele da face quando engordamos ou emagrecemos acontecem em função da redução ou do aumento das células de gordura, que interferem em todo o corpo. Imagine quando enchemos um balão de ar: ao inflar, o ar ocupa espaço e deixa a superfície mais esticada; quando volta a se esvaziar, o material esticado perde o preenchimento e passa a ficar enrugado quando vazio. Com a nossa pele acontece algo semelhante.

Com o efeito sanfona, todo o corpo ganha ou perde preenchimento, que são as células de gordura. Depois de “inflar” ou “esvaziar”, é normal que nossa “superfície” sofra os efeitos e demande mais cuidados. Durante todo o processo de engordar ou emagrecer rapidamente, ela perde elasticidade assim como um balão de ar, pois as fibras de colágeno e elastina responsáveis por manter nossa pele lisinha acabam se rompendo.

Minimizando o efeito sanfona

O segredo para evitar os prejuízos do efeito sanfona para a pele é priorizar a saúde. Mudar o corpo pode ser inevitável ou até necessário, mas para que o processo ocorra sem deixar marcas negativas, é importante se cuidar. Faça exercícios físicos, não abra mão da hidratação e se alimente bem sempre! Se seu objetivo é ganhar peso, faça isso com a ajuda de profissionais que te indiquem a melhor forma de ganhar uns quilinhos. Já se sua meta é emagrecer, tome todos os cuidados necessários para não prejudicar sua saúde e, principalmente, para não perder os resultados alcançados e sofrer com o efeito sanfona.

Deixe sua pele bonita e saudável mantendo cuidados diários com todo o seu corpo. Hidrate todas as áreas frequentemente, use protetor solar e tenha atenção especial à região do rosto, para evitar o envelhecimento precoce. Faça esfoliações semanais e massageie a pele para estimular a circulação sanguínea.

Se você está emagrecendo ou engordando muito rápido, uma dica é fazer exercícios com o rosto, movimentando os músculos da região da boca e dos olhos. Isso ajuda a reconstruir as fibras perdidas e a reduzir a flacidez. Para isso, também é essencial incluir vitaminas e proteínas na sua alimentação e aplicar cremes com extrato de soja e aloe vera, além de ingerir o colágeno hidrolisado, que ajuda na recuperação e na proteção da pele do rosto.

Leia mais: Flacidez no rosto após perda de peso. Como tratar?

O que achou das dicas para evitar os prejuízos do efeito sanfona na pele? Deixe seu comentário abaixo! 😉

  • QUALIDADE COMPROVADA

    Estudos conduzidos na Universidade de Kiel, na Alemanha, e publicados em revistas científicas comprovam que a ingestão diária de 2,5g de VERISOL™ por 8 semanas proporciona:
    Redução da profundidade das rugas.
    Aumento de até 30% na elasticidade da pele.

  • Nossos Produtos

  • Ultímas Notícias